Gestão de Processos em videoaulas

Curso em videoaulas

Gestão de Processos

Gerenciamento de Processos

BPM – Business Process Management

Profissionais com destaque na hierarquia das organizações dominam as técnicas e metodologias de gestão dos processos. Tomar decisões sobre os rumos dos processos de negócio exigem conhecimentos para monitorar seu desempenho e projetar as mudanças necessárias. Desta forma você se diferencia dos demais colaboradores na ascensão e no reconhecimento empresarial.

Saiba como conduzir, estruturar e implantar a gestão de processos melhorando a eficiência e a eficácia da sua organização. Quanto melhores são os processos melhores são os produtos e os serviços gerados.  Seja você o condutor e o artífice desta ação na sua organização.

Muitas iniciativas falham por deficiências na capacitação dos gestores para a condução do processo de mudança. Gerenciamento de processos é muito mais do que simplesmente mapear (modelar) e elaborar projetos de mudança. A preocupação com o alinhamento estratégico, grau de detalhamento, prioridades, integração das pessoas e uma arquitetura de suporte a gestão devem ser temas integrantes e fundamentais dos treinamentos.

Introdução:

O gerenciamento dos processos de negócio é cada vez mais importante e presente na vida das organizações. O conhecimento destas técnicas gerenciais é requisito básico para o crescimento e a evolução profissional dos colaboradores que almejam posições de destaque.

Neste curso, formatado em videoaulas, foram compilados os principais elementos e informações pertinentes à gestão dos processos de negócio. Os assuntos são tratados de forma simples e direta, abordando os temas que possuem aplicação real e comprovada para as empresas. Nada de metodologias complexas, os conteúdos apresentados foram previamente aplicados e validados em diversas situações.

É o conteúdo mais completo disponível no mercado. Realmente tudo o que você precisa saber sobre gestão de processos está neste curso. Entenda como o planejamento estratégico influencia na gestão de processos e como buscar seu alinhamento. Saiba como mapear processos e como elaborar projetos de mudança. Tudo isso e muito mais. Confira a lista com as aulas na sequência deste documento.

Objetivos:

Preparar profissionais, com os conhecimentos necessários de gestão de processos, para assumirem áreas de supervisão, gerência e diretoria.
Capacitar os participantes a tomarem decisões sobre a forma com que a gestão de processos deve funcionar.
Compreender os benefícios e os resultados que a gestão de processos gera para as organizações.
Planejar e projetar mudanças nos processos.
Conduzir projetos para implantação de um escritório de processos.

Público:

  • Funcionários de empresas de qualquer segmento que desejam aprimorar conhecimentos e buscar capacitação em gestão de processos.
  • Pessoas interessadas em atuar nas diversas fases da gestão de processos.
  • Preparação para concursos públicos
  • Profissionais que almejam mudança de atuação e ingressar no gerenciamento de processos.
  • Diretores, gerentes, supervisores em busca de soluções para melhorar os processos das suas organizações.

Diferenciais:

Orientação ao mercado

Técnicas e procedimentos apresentados estão presentes em grande parte das organizações. Aplicação imediata e com resultados rápidos.

Conteúdo completo

Curso aborda todos os conhecimentos necessários e envolvidos no tema. A gestão de processos e tratada de forma abrangente e contextualizada entre as outras técnicas gerenciais utilizadas nas organizações.

Implantação da gestão de processos

Curso aborda roteiro completo para implantação de uma arquitetura de gestão de processos. O que é necessário e os passos para garantir o sucesso desta iniciativa.

Gestão de projetos

Conteúdo contempla conceitos e práticas para o gerenciamento de projetos conforme princípios do PMI.

 

Material:

O curso é formatado em videoaulas e acompanha também:

  • Mais de 70 aulas em vídeo.
  • Suporte via e-mail  com o professor (Klaus Wachter) e equipe de consultores da DIMAT

 

Duração planejada:

Este treinamento foi projetado para ser executado em 12 semanas ( aproximadamente 3 meses)

 

  • Módulo 1: Introdução

Apresentação dos conceitos básicos e iniciais sobre processos e gestão de processos. Você vai entender como a gestão de processos está inserida nas organizações e seu relacionamento com as diversas iniciativas tradicionais de gestão.

Aulas:

– Apresentação e abertura
Apresentação do instrutor, os módulos do curso e a dinâmica de funcionamento das aulas.

– Introdução ao gerenciamento de processos
Definição de processo e gestão de processos. Quais são as funções da gestão de processos. O foco no cliente.

– Breve Histórico
Como as iniciativas históricas comprovam os benefícios e melhorias da gestão dos processos. Quais conhecimentos podemos utilizar nas nossas organizações.

– Exercício – Produzir círculos
Identificando alguns elementos da gestão de processos executando um exercício simples e rápido.

– A gestão de processos no contexto gerencial de uma Organização
Quais são os principais elementos de gestão utilizados pelas organizações e como a gestão de processos está inserida neste contexto.

– Os 7 princípios da Gestão de Processos
A base de sustentação e desenvolvimento da gestão dos processos nas organizações.

– O ambiente organizacional e seus desafios
Quais são os desafios que devem ser superados pela gestão de processos na transformação da cultura organizacional.

– Objetivos da Gestão dos Processos de Negócio
O que as organizações ganham com a implantação de uma gestão de processos.

– Fundamentos e conceitos iniciais
Como os processos são hierarquizados e os principais tipos de processos que existem nas organizações.

– Fechamento módulo 1
Breve revisão dos conteúdos apresentados no módulo e introdução ao módulo de estratégia.

  • Módulo 2: A Estratégia

A Estratégia é um módulo focado no detalhamento de como os processos da sua organização devem ser conectados e direcionados pelo Planejamento Estratégico. Como construir uma Cadeia de Valor, gerenciar a maturidade dos processos, utilizar modelos de referência disponíveis no mercado e a definição de indicadores de desempenho.

Aulas:

– Planejamento Estratégico na Gestão de Processos
O que é planejamento estratégico, qual é a sua importância para a organização e na estruturação dos processos de negócio.

– O Processo do Planejamento Estratégico
Como funciona o processo de elaboração do planejamento estratégico e os principais elementos que o compõem.

– Balanced Scorecard (BSC)
O que é BSC e como ele é utilizado para comunicar a estratégia da organização para todos os colaboradores.

– Cadeia de Valor
Visão dos principais processos da organização que geram os produtos/serviços aos clientes. Como elaborar e manter a cadeia de valor.

– Alinhamento dos processos com a Estratégia Organizacional
Como identificar o alinhamento dos processos com a estratégia da organização e sua importância.

– Modelos de Referência
O que são modelos de referência e como podem ser utilizados para alavancar os primeiros passos da gestão de processos.

– Maturidade dos Processos
O que é maturidade dos processos e como funcionam os níveis de classificação. Quais os benefícios em buscar processos mais maduros.

– Avaliação da Maturidade dos processos
Como utilizar um modelo simplificado e rápido para avaliar a maturidade dos processos da sua organização.

– Definição de meta para Maturidade
Qual o nível de maturidade que cada um dos processos deve estar. Como definir e identificar o GAP (lacuna) entre a realidade e a meta.

– Introdução para Indicadores de desempenho
Quais os tipos de indicadores de processos e o que cada um deles mede. A abrangência e o público-alvo na hierarquia organizacional.

– Definindo Indicadores de desempenho
Como definir os indicadores dos processos e quais elementos devem estar estruturados na sua formação.

– Exemplos de Indicadores
Apresentação de diversos indicadores normalmente utilizados pelas organizações. Envolve os mais variados processos de negócio.

– Fechamento módulo 2
Breve revisão dos conteúdos apresentados no módulo e introdução ao módulo de mapeamento.

  • Módulo 3: O Mapeamento

O mapeamento de processos é uma das técnicas mais conhecidas e utilizadas por todos. A maioria das organizações já passou por experiências de modelagem de processos. Por este motivo, nossa abordagem é diferenciada neste ponto. No módulo “O Mapeamento”, são apresentadas questões práticas para auxiliar os participantes na elaboração dos mapeamentos e focar em quais informações realmente são relevantes para compor a documentação. Pontos como grau de detalhamento necessário, simulação de processos e aspectos humanos envolvidos são apresentados.

Aulas:

– Experiências Organizacionais
Como as experiências anteriores influenciam na implantação da gestão de processos. Quais cuidados devem ser tomados no momento de iniciar os trabalhos de mapeamento.

– Objetivos do Mapeamento
Como definir os objetivos desejados para elaborar o mapeamento dos processos. Quais os desafios da documentação dos processos.

– Exemplo inicial de Mapeamento
Exemplo de mapeamento de um processo simples. Os primeiros elementos representados.

– Mapeamento de processo no contexto Organizacional
Quais são as áreas e as informações que podem estar inseridas no mapeamento dos processos.

– Informações básicas do processo
Saiba quais são as informações básicas e inicias que devem ser registradas para os processos.

– Notações utilizadas para o mapeamento
O que são notações e como elas são importantes para o mapeamento. Qual notação utilizar na sua organização.

– Exercício: Produto Secreto
Exercício de execução de um processo. O que será produzido? Quais são as dificuldades?

– Elementos básicos para o mapeamento dos processos
Apresentação dos elementos básicos para mapeamento de um processo. Para que servem e como devem ser utilizados.

– Informações complementares
Quais são outros elementos que podem enriquecer a representação do processo.

– Exemplo de mapeamento – Bizagi
Exemplo de utilização do software BIZAGI para mapeamento de um processo.

– Exemplo de mapeamento – Aris
Exemplo de utilização do software ARIS para mapeamento de um processo.

– Antes do Mapeamento
Quais são os cuidados e atividades que você deve executar antes de iniciar o mapeamento dos processos.

– Diretrizes de Mapeamento
Algumas dicas para melhorar a representação e o entendimento dos processos modelados.

– Mapeamento pela área de negócios
Como funciona o mapeamento de processos quando executado por integrantes do processo.

– Mapeamento com equipe de processos
Como funciona o mapeamento de processos quando executado pela equipe corporativa de processos ou por consultoria externa.

– Grau de detalhamento
Como saber qual o grau de detalhamento necessário para o mapeamento dos processos.

– Complexidade dos processos
O que são processos complexos e como esta avaliação é importante para suportar o seu detalhamento.

– Riscos dos processos
Identificação dos riscos e técnicas para quantificação do impacto e sua possibilidade de ocorrência.

– Validação
Após o mapeamento temos que passar por uma fase em que o processo é validado e homologado.

– Simulação
Utilização de técnicas de simulação podem auxiliar na validação e localização de melhorias nos processos.

– Publicação e Divulgação
A importância da publicação para disponibilização da documentação do processo para todos os executores.

– Revisão
Quando e como devemos revisar e gerar uma atualização do mapeamento do processo.

– Fechamento módulo 3
Breve revisão dos conteúdos apresentados no módulo e introdução ao módulo de projeto.

  • Módulo 4: O Projeto

Formas de identificação das principais mudanças e melhorias nos processos são apresentadas neste módulo. Utilização de técnicas de Benchmarking para identificar pontos melhoria e medidas de performance dos processos. Elaboração do mapeamento (modelo) de como será o novo processo. Escolha e priorização de quais processos/mudanças devem ser implementadas. Apresentação de metodologia utilizada para o gerenciamento de projetos e os elementos necessários para minimizar os riscos de fracasso na implementação das mudanças.

Aulas:

– Introdução à gestão de projetos
O que é gestão de projetos, as principais diferenças com a gestão de processos.

– Tipos de projetos nas Organizações
Quais os tipos de projetos que tradicionalmente ocorrem nas nossas organizações.

– Modelo para Gestão de Projetos PMBOK
Quais são as áreas de conhecimento envolvidas no gerenciamento dos projetos.

– Gestão de Mudanças
O que é gestão de mudanças e quais são os principais elementos que devem ser observados.

– A Sinalização das mudanças nos processos
Como identificar quando é necessário fazer um projeto de mudança nos processos.

– O processo do projeto de mudança
Quais são as atividades envolvidas em um projeto de mudança. Como definir a equipe do projeto.

– Fase 1: Compreensão do Ambiente
O que devemos analisar sobre o processo e o ambiente em que ele está inserido para compor o projeto de mudança.

– Benchmarking
O que é benchmarking e como ele pode contribuir na localização de melhorias nos processos.

– Avaliando as sugestões de melhoria
Como avaliar e escolher quais as sugestões de melhorias devem ser incorporadas no projeto.

– Fase 2: Definição do Projeto
Elaboração do mapeamento do novo processo contendo as melhorias definidas. Definição do escopo.

– Fase 3: Planejamento do Projeto
Como elaborar um cronograma de implantação do projeto e quais atividades devem ser consideradas.

– Fase 4: Execução do Projeto
Iniciando a implantação das mudanças e cuidados durante a execução do cronograma do projeto.

– Fase 5: Controle do Projeto
Controlando a execução do projeto (escopo, tempo e custo) e a necessidade de mudanças.

– Escritório de projetos (PMO)
O que é um escritório de projetos e como ele funciona. Qual a importância e os benefícios da sua utilização.

– Fechamento do Módulo
Breve revisão dos conteúdos apresentados no módulo e introdução ao módulo de arquitetura.

  • Módulo 5: A Arquitetura

Módulo que aborda as diferentes maneiras que cada organização pode implantar a gestão de processos considerando a cultura já existente nesta área. Apresentação detalhada da forma com que o escritório de processos deve ser implantando e os processos de sua responsabilidade. Debates sobre tecnologias de suporte a implantação do gerenciamento de processos nas organizações.

 

Aulas:

– Introdução à Arquitetura
Quais as principais formas que a gestão de processos pode ser implantada nas organizações. Quais os pontos positivos e negativos de cada modelo.

– Requisitos preliminares
Quais os requisitos e elementos preliminares que devem ser respeitados para suportar com sucesso a implantação de uma arquitetura de gestão de processos.

– Gestor de Processos
Quais são as responsabilidades e o perfil do gestor de processos. Como escolher o gestor de cada processo.

– Processos de gestão de processo
Quais são os processos envolvidos na gestão de processos e como se comportam em cada um dos modelos de arquitetura.

– Escritório de Processos
O que é o escritório de processos e quais são os processos de sua responsabilidade.

– Processos descentralizados
Como os diversos gestores de processos gerenciam os seus processos e como funciona o relacionamento com o escritório.

– Roteiro de Implantação do Escritório de processos
Entenda os 5 passos necessários para implantar um escritório de processos.

– Auditar processos
Conheça os diferentes tipos de auditoria que podem ser realizados e as etapas de execução.

– Tecnologias de Apoio
Quais são os diferentes tipos de aplicativos disponíveis no mercado e qual a sua função.

– Escolha do software
O que é importante você saber para escolher as ferramentas de apoio à gestão de processos.

– Fechamento do Módulo e encerramento curso
Breve revisão dos conteúdos apresentados no módulo e mensagem de encerramento do curso.

Compartilhe...